BIOGRAFIA


|
Isabel Stilwell é jornalista e escritora. Desde o «Diário de Notícias», no qual começou aos 21 anos, que contribui de forma essencial para o jornalismo português. Fundou e dirigiu a revista «Pais & Filhos», foi diretora da revista «Notícias Magazine» durante 13 anos e diretora do jornal «Destak» até ao final do ano de 2012. Paralelamente, escreveu livros de ficção, contos e histórias para crianças.

Em 2007, estreou-se na escrita de romances históricos com «Filipa de Lencastre» e em 2019 conta já com oito romances sobre oito grandes rainhas, com mais de 300 mil livros vendidos, três deles traduzidos para inglês e um publicado no Brasil. Todos, incluindo o seu romance mais recente «D. Maria I», editado em outubro de 2018, ocuparam o «top» de vendas de ficção nacional. Em abril de 2019, para assinalar o bicentenário da rainha D. Maria II, iniciou uma coleção sobre rainhas de Portugal dedicada aos mais novos.

Isabel Stilwell comenta a atualidade todas as quartas-feiras, nas páginas do «Jornal de Negócios». Escreve, também, para a revista «Máxima», tendo uma das suas reportagens sobre a adoção em Portugal («Não amam nem deixam amar», em conjunto com a jornalista Carla Marina Mendes) sido distinguida com o 1.º Prémio de jornalismo «Os Direitos da Criança em Notícia». Passados 15 anos a virar os «Dias do Avesso» com Eduardo Sá, agora tira as espinhas aos números com Alexandra de Almeida Ferreira, num programa diário na Antena 1 que procura a realidade escondida por trás dos dígitos e das estatísticas — gente de carne e osso, opções políticas e sociais, mitos, preconceitos e emoções.

Grande parte do seu tempo é dedicado a uma profunda investigação para os seus novos romances, mas, no tempo que sobra, dá cursos, conferências e palestras dentro e fora de Portugal.

Isabel é mãe de três filhos e avó de oito netos (número sempre em atualização!). Vive em Sintra, que é também uma das suas causas.


Ler mais »