BIOGRAFIA


|
Isabel Stilwell é jornalista e escritora. Desde o Diário de Notícias, onde começou aos 21 anos, que contribui de forma essencial para o jornalismo português. Fundou e dirigiu a revista «Pais & Filhos», foi directora da revista «Notícias Magazine» durante 13 anos e directora do jornal «Destak» até ao final do ano de 2012, e manteve durante mais de dois anos, todos os sábados, uma crónica no «Jornal i», entre muitos outros projectos. Paralelamente escreveu vários livros de ficção, contos e histórias para crianças, mas a sua grande paixão por romances históricos revelou-se em 2007, com o bestseller «Filipa de Lencastre», a que se seguiram «Catarina de Bragança» e «D. Amélia», com crescente sucesso. Em abril de 2012, foi a vez de «D. Maria II», que vendeu mais de 45 mil exemplares, e mereceu uma edição especial para o mercado brasileiro, «Maria da Glória». Em outubro de 2013 lança um novo romance histórico intitulado «Isabel de Borgonha – Ínclita Geração», sobre a vida de Isabel de Borgonha, filha de D. Filipa de Lencastre. Em maio de 2015 publica «D. Teresa», sobre a mãe do nosso primeiro rei, e em abril de 2017, «Isabel de Aragão», que os portugueses imortalizaram como Rainha Santa. Em julho de 2015 viu traduzido para inglês o seu primeiro romance histórico, "Philippa of Lancaster - English Princess, Queen of Portugal".

Mais recentemente mantém a crónica, às terças, no Jornal de Negócios, sobre os mais diversos tópicos da actualidade. Escreve, também, para a revista Máxima, tendo uma das suas peças sobre a adoção em Portugal («Não amam nem deixam amar», em conjunto com a jornalista Carla Marina Mendes) sido distinguida com o 1.º Prémio de jornalismo «Os Direitos da Criança em Notícia». Continua a colaborar mensalmente com a revista «Pais e Filhos», semanalmente com o «Jornal de Notícias», e quando não está a escrever, vira diariamente os «Dias do Avesso» em conversa com Eduardo Sá, na Antena 1.
No tempo que lhe sobra de crónicas, entrevistas, livros infantis e conferências para os mais velhos, e os mais novos, dedica-se a investigar e a escrever o seu próximo romance histórico.


Ler mais »